Notícias

CORONAVÍRUS: TIRE SUAS DÚVIDAS

Última atualização, 12/05 às 15:20h

Coronavírus (CID10) é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19).

Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. No entanto, o coronavírus (SARS-CoV-2) ainda precisa de mais estudos e investigações para caracterizar melhor os sinais e sintomas da doença. Combater a epidemia é uma tarefa de todos! Juntos, vamos vencer essa batalha.

Sintomas

Os principais são sintomas conhecidos até o momento são:

  • Febre.
  • Tosse.
  • Dificuldade para respirar.

Prevenção

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar álcool em gel.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Cobertura do exame

O Hapvida Saúde está seguindo todas as recomendações feitas pela ANS e  Ministério da Saúde.

Quando procurar a unidade e exame?

Deve procurar avaliação médica quem apresentar febre e sintomas respiratórios (tosse ou dificuldade para respirar) e tiver histórico de viagem para área de transmissão, ou de contato próximo com caso de infecção pelo covid-19, nos últimos 14 dias. A respeito dos exames, eles são realizados de acordo com a indicação do médico.

Quem deve realizar o teste?

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, a partir da consulta de urgência, o médico vai sinalizar a necessidade de realização do teste, com base na gravidade dos sintomas apresentados e do perfil de risco do paciente.

Onde posso fazer o teste?

Todas as nossas unidades de urgência e emergência (Hospitais e Prontos Atendimentos) estão realizando atendimento para quem suspeita ou apresenta sintomas para o coronavírus. Se o médico entender a necessidade do exame, seguindo as orientações do Ministério da Saúde (MS), ele vai solicitar a coleta, que também está sendo realizada nas nossas unidades de urgência e emergência.

Para saber nossos endereços, acesse o link: http://bit.ly/RedeExclusivaHapvida

Em quanto tempo sai o resultado?

De acordo com o Ministério da Saúde a liberação se dá de acordo com o prazo dado pelo laboratório responsável pela realização do exame, que é de 7 dias. Esse prazo pode ser alterado conforme a demanda solicitada.
A partir do momento que a pessoa testa positivo para o novo coronavírus, o que ela deve fazer? É recomendada a internação? A pessoa faz o tratamento em casa? 

Não é recomendada a internação. A internação é necessária somente em caso de descompensação respiratória, como acontece nas demais síndromes gripais. A orientação, quando o resultado dá positivo é o isolamento domiciliar e social, com o máximo rigor. Em relação ao tratamento em casa, é preciso que os pacientes sigam todas as recomendações dadas pelo profissional médico e retorne à unidade hospitalar, caso haja intensificação ou piora dos sintomas.
Tenho procedimentos marcados. O que faço?

Para proteger você e seguindo as orientações do Ministério da Saúde, da Agência Nacional de Saúde (ANS) e do Governo, o Sistema Hapvida Saúde informa que:

1. As consultas agendadas, ou seja, as que você marcou hora e dia com o médico, estão presencialmente suspensas em nossas Clínicas por prazo indeterminado. Porém, o atendimento em clínica geral, pediatria, obstetrícia, oncologia e nefrologia continua normalmente.

Sempre com você
Caso você precise de uma consulta em outra especialidade que não foi citada acima, não se preocupe! Entre em contato com nossa Central de atendimento pelo Chat todos os dias, até às 22h, ou pela nossa Central (4002.3633/ 4020.3633). Nossa equipe está pronta pra ajudar você!

2. Os atendimentos de urgência e emergência permanecem em funcionamento normal nas nossas unidades hospitalares. Se você tiver sintomas do Coronavírus, você deve ficar isolado e pode se consultar com um médico sem sair de casa: basta acessar nosso site ou app e seguir as instruções.(Serviço disponível a partir do dia 6).

3. Os serviços de hemodiálise, radioterapia e quimioterapia também permanecem com seu funcionamento normal.

4. Todas as cirurgias agendadas, ou seja, as que você marcou hora e dia com o médico estão suspensas por prazo indeterminado. Porém, algumas cirurgias dentro das especialidades de obstetrícia e oncologia, ou classificadas como inadiáveis pelo seu médico, serão mantidas, e você receberá o contato de confirmação da nossa equipe de agendamento cirúrgico.

5. Todos os exames agendados, ou seja, os que você marcou hora e dia com o médico estão cancelados. Porém, exames classificados como inadiáveis pelo seu médico, serão mantidos e você também receberá o contato de confirmação da nossa equipe de exames.

6. Sessões de tratamento nas áreas de nutrição, psicologia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, acupuntura e fisioterapia (exceto as respiratórias) agendadas em nossas Clínicas e Medicina Preventiva também estão canceladas. Porém, se algo acontecer, você pode acionar nossa central de atendimento pelo Chat , todos os dias, até às 22h, ou pela nossa Central (4002.3633/ 4020.3633). Nossa equipe de Medicina Preventiva está monitorando os casos que não podem ter tratamento interrompido, por isso, fique tranquilo!

Neste momento, nossos esforços estão concentrados nos atendimentos à pandemia do Coronavírus, por isso, contamos com sua compreensão! Combater o Coronavírus é tarefa de todos! Se puder, fique em casa. Juntos, vamos vencer essa batalha!

 

Saiba quais são as nossas Hapclínicas que estão funcionando normalmente.

Saiba como está sendo o funcionamento Vida&Imagem e Coleta laboratorial

O que fazer caso eu precise de Atendimento Odontológico?

 

Tenho parente/conhecido internado em uma unidade do Hapvida, posso fazer visitas?

Diante do alto fluxo de pacientes com sintomas respiratórios em nossas unidades, ocasionado também pelo Coronavírus, a partir do dia 20 de março de 2020, só será permitida a entrada de 01 acompanhante para pacientes idosos, crianças, gestantes, menores de 18 anos e portadores de necessidades especiais nas nossas unidades de urgência, emergência e Prontos Atendimentos (PAs). Essa decisão é pensando na saúde de todos, pois evita que pessoas sejam expostas ao vírus sem necessidade.

Estou gestante, meus atendimentos continuam?

Acesse essa notícia para mais informações.

Por que eu devo ficar em casa e evitar aglomerações?

O Ministério da Saúde recomenda a redução do contato social (evitar aglomerações, por exemplo) para pessoas sem sintomas. A redução do contato social diminui as chances de transmissão do vírus. A mudança de comportamento e rotina é fundamental no enfrentamento do coronavírus. Adote horários alternativos para evitar aglomeração de pessoas, como ir ao supermercado, por exemplo, fora do horário de pico.  Lembre-se: esse é um período da nossa vida que vai passar, pois a pandemia tem um ciclo.

Como faço para pagar ou negociar o meu boleto do plano de saúde?
Para boletos vencidos, a opção de negociação disponível no momento é o pagamento no cartão de crédito. Detalhes sobre parcelamento, basta entrar em contato com a central de negociação no 4020-9093 e verificar as condições.
Caso deseje pagar em dinheiro, pode pagar o boleto em qualquer local até 90 dias do vencimento, é possível realizar os pagamentos on-line (App bancário, internet banking) e, até o momento, os bancos e lotéricas continuam funcionando, houve apenas ajuste no horário de funcionamento.
Se o boleto estiver vencido há mais de 90 dias, também deve procurar a negociação no 4020-9093.

O Sistema Hapvida Saúde segue as orientações do Ministério da Saúde e, por isso, suspendeu as consultas eletivas devido ao período de quarentena. Fazemos isso para proteger você e sua família e, também, para combater o avanço do COVID-19. Nossos serviços de urgência e emergência continuam funcionando normalmente. Reforçamos a importância de manter o pagamento do seu plano em dia, pois isso é essencial para sua saúde e para o pleno funcionamento da nossa Operação. Por esse motivo, não serão concedidas prorrogações ou descontos aos beneficiários do plano. Contamos com sua compreensão!
Ainda estou com dúvidas, o que posso fazer?

Para dúvidas sobre o Coronavírus: clique aqui.  
Para conversar com nossos Psicólogos: clique aqui
Para conversar com nossos Nutricionistas: clique aqui
Para conversar com nossos Dentistas: clique aqui
Nossos profissionais estão prontos para tirar suas dúvidas.
Atendimento: 8h às 18h (de domingo a domingo)

Caso ainda necessite, você pode ligar para nossa Central exclusiva sobre o Coronavíruis:  40022872.
Atendimento: 24h (de domingo a domingo)

Caso sua necessidade de consulta seja inadiável, acesse esse chat ou ligue em nossa central:
Call Center 24h (Capitais): 4002.3633 ou 4020.3633
Call Center 24h (Pernambuco): 4002.2870
Call Center 24h (Interiores e capitais): 0300 313 3633
Marcações de consultas e exames: 6h às 22h
SAC 24h (exclusivo para telefones fixos):
0800 280 9130

Notícias

HAPVIDA AMPLIA REDE DE TELECONSULTA PARA COMBATER A COVID-19

Dinâmico e de fácil acesso, o serviço faz parte dos investimentos da empresa para diminuir os casos da doença no Brasil

Está com sintomas da Covid-19? Não saia de casa. CLIQUE AQUI para fazer sua teleconsulta. Caso apresente coriza, tosse seca, febre, falta de ar, dor no corpo ou dor de cabeça, você pode fazer uma teleconsulta por vídeo com um dos médicos pelo site do Hapvida. Em breve, também será possível acessar pelo aplicativo. Essa é mais uma iniciativa do Sistema Hapvida, desenvolvida pelas equipes internas da empresa, como Inovação, TI e Diretoria de Gestão Empresarial (DGE), além da Maida.health, holding de tecnologia do sistema Hapvida, para acompanhar a saúde dos clientes e, junto com a população, combater o novo coronavírus.

Para o paciente ter acesso ao serviço oferecido pelo Hapvida, basta acessar o link http://bit.ly/consultacoronavirus, pedir para realizar uma consulta de urgência e seguir os protocolos.

O serviço funciona todos os dias, 24h. A ideia dessa iniciativa é ser um suporte a mais para os clientes e evitar a ida desnecessária para uma unidade hospitalar quando apresentar sintomas que podem ser tratados em casa. Vale reforçar a recomendação do Ministério da Saúde de só ir ao hospital ou pronto atendimento em casos de urgência para evitar contágio com outras doenças.

Segundo o diretor corporativo de telemedicina do Sistema Hapvida, José Luciano Monteiro, é importante investir nas mais diversas áreas da medicina para conter essa pandemia. A teleconsulta por vídeo será útil nesse momento por ser mais um suporte para os clientes. Todos nós precisamos seguir as recomendações do Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS).

Inovação

A solução foi desenvolvida pela Maida.health, a partir de inteligência própria em telemedicina e plataforma existentes no mercado, para que pacientes suspeitos de Covid-19 possam ter uma alternativa médica segura.

De acordo com o Gerente de Produtos da Maida.health, Luiz Gonzaga, a teleconsulta sempre foi uma aposta da empresa, que após a regulamentação do Ministério da Saúde se tornou possível. “Aliamos a tecnologia de mercado ao nosso time de médicos e gestores para oferecer uma plataforma completa, ou seja, teleconsulta direta, com suporte a prontuário, seguimento multiprofissional, prescrição validada por certificados digitais, médicos treinados e acompanhados, indicadores de performance etc. O objetivo aqui é entregar de forma digital a mesma experiência que você tem em uma consulta real, não apenas a conversa com o médico”, explica.

Notícias

NOVO SITE DE VENDAS ON-LINE

Para proporcionar uma nova experiência de compra, o Hapvida criou um sistema de vendas inteiramente on-line. Estamos lançando um novo canal de vendas 100% digital, que facilita a contratação de plano de saúde da maior rede exclusiva nos 12 estados do Norte e Nordeste, pelo menor preço, tudo on-line.

Para solicitar, não é preciso sair de casa, basta acessar o site bit.ly/QueroHap, preencher os dados solicitados e montar o plano ideal para você. Após o fechamento do contrato, o novo beneficiário ficará ativo após a confirmação do pagamento. Mais uma novidade que faz bem pra você!

Notícias

SISTEMA HAPVIDA REGISTRA QUEDA DE ATENDIMENTOS E INTERNAÇÕES POR COVID-19 E DOENÇAS RESPIRATÓRIAS

Presente nas cinco regiões brasileiras, o Sistema Hapvida encerra o mês de maio com a constatação de uma queda no número de atendimentos de urgência nos seus hospitais, além da redução de internações e óbitos decorrentes da Covid-19 doenças respiratórias. A comparação foi realizada considerando os picos de atendimento do início do mês de maio até o final do mesmo mês, monitorados em toda a rede por meio de um sistema integrado de protocolo hospitalar.

Segundo o presidente do Sistema Hapvida, Jorge Pinheiro, apesar de uma leve tendência de elevação em áreas como Bahia, Manaus e interior de São Paulo, outras áreas tidas como críticas estão mostrando sinais de recuperação à Covid-19. “Registramos uma redução de 72% nos atendimentos de urgência relacionados às doenças respiratórias, de toda a rede, considerando o pico alcançado no período de 4 a 31 de maio; queda de 51% nas internações, de 2 a 31 de maio; e 50% da diminuição de óbitos decorrentes da doença entre os dias 13 e 31 do mesmo mês”, afirma o Pinheiro.

Além disso, a Companhia celebra o marco de mais de 4 mil altas de pacientes positivados pela Covid-19 em sua rede própria, de acordo com o último balanço do dia 02 de junho. “Um reconhecimento a todos os profissionais que dedicam cada minuto da medicina para salvar vidas. Também nos orgulhamos, em meio a todo esse cenário delicado, de proporcionar um atendimento digno aos nossos beneficiários com soluções diferenciadas na gestão de saúde, inovação e excelência”, completa o presidente do sistema.

Confira os números mais expressivos de queda de atendimento Covid-19 e doenças respiratórias no Sistema Hapvida: 

Pernambuco: 

Atendimento de urgência: – 80%, entre 4 e 31 de maio

Internação: – 69%, entre 6 e 31 de maio

Óbitos: – 75%, entre 14 e 31 de maio

Ceará: 

Atendimento de urgência: – 83%, entre 4 e 31 de maio

Internação: – 75%, entre 12 e 31 de maio

Óbitos: – 44%, entre 20 e 31 de maio

Amazonas:

Atendimento de urgência: – 90%, entre 13 de abril e 31 de maio

Internação: – 86%, entre 28 de abril e 31 de maio

Óbitos: – 85%, entre 4 e 31 de maio

Pará:  

Atendimento de urgência: – 88%, entre 27 de abril e 31 de maio

Internação: – 80%, entre 22 e 31 de maio

Óbitos: sem óbitos, entre 28 e 31 de maio

Maranhão: 

Atendimento de urgência: – 94%, entre 13 de abril e 31 de maio

Internação: – 62%, entre 22 de abril e 31 de maio

Óbitos: sem óbitos, entre os dias 30 e 31 de maio

Notícias

Alimentação saudável previne doenças

Os problemas com a alimentação são cada vez mais recorrentes. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada ano 38 milhões de pessoas morrem em decorrência de doenças não contagiosas, dentre elas a obesidade. O processo de mudança normalmente não é fácil, mas, de acordo com a nutricionista do Hapvida, Tanara Ferreira, quando se busca qualidade de vida é fundamental abandonar os velhos hábitos.

“Não fazer dietas da moda, não comer açúcar em excesso, nem abusar do sal, reduzir as gorduras de origem animal e não abusar de bebidas alcoólicas. O objetivo é a manutenção da saúde física e psicológica, aumentando a qualidade de vida, pois nosso
corpo sempre reage de acordo com o tratamento que recebe”, afirma.

As mudanças, que para alguns podem parecer rigorosas, não precisam ser radicais. A ideia é inserir novos costumes no dia a dia ao ponto deles se tornarem parte do cotidiano. “Para ser adepto de bons hábitos alimentares, as recomendações são simples, como ingerir de seis a oito copos de água por dia, por exemplo” orienta a nutricionista do Hapvida.

De acordo com Tanara Ferreira, deve-se ingerir os alimentos necessários e sem exageros. “Alimentar-se a cada três horas, alternando, entre uma refeição e outra, frutas e chás, além de fazer de 3 a 5 refeições diárias e nos horários corretos”, explica.

Notícias

Parto normal sem dor; saiba o que é analgesia

A dor do parto normal é apontada como o principal motivo para mulheres não optarem pelo procedimento na hora de ter o bebê. Porém, o que muitas não sabem, é que para ajudar aliviar a dor do parto, existe atualmente duas formas: a analgesia e a anestesia.

Para que você entenda melhor, o obstetra do Hapvida, Lourivaldo Rodrigues, explica que é a analgesia, veja no Minha Saúde Hapvida.

Notícias

Obesidade infantil tem relação direta com sedentarismo

Quanto mais tempo a criança passa em frente à televisão mais chance ela terá de ser obesa.  Pelo menos, foi isso que apontou a pesquisa feita pela Universidade de Coimbra, em Portugal. De acordo com o estudo, que ouviu mais de 17 mil crianças, três em cada dez crianças, entre 6 e 10 anos, são consideradas acima do peso. Desse número, 14% podem ser classificadas como obesas.

No Brasil, os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que uma em cada três crianças está com peso acima do percentual recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Esse impacto na saúde das crianças é reflexo da vida nas grandes cidades. Com as metrópoles com poucas opções de diversão, a garotada prefere ficar em casa para assistir TVS, filmes, programas ou jogos eletrônicos. Aliado a esse fator, as emissoras investem cada vez mais na programação infantil diferenciada e nos constantes lançamentos de jogos.
De acordo com a nutricionista do Hapvida, Fátima Barros, esse resultado é reflexo do sedentarismo das crianças. “Elas estão diminuindo a prática de atividades físicas. Por causa dos jogos eletrônicos, elas não brincam de correr, pular. Agora, elas só querem saber das novas opções de entretenimento oferecidas pelos jogos eletrônicos e pela televisão”, explica Fátima.  A especialista destaca que isso reflete diretamente na alimentação. “A atividade física incentiva o compromisso da criança  no controle alimentar  e propicia  a melhora da autoestima”, finaliza.
A nutricionista explica que vários fatores contribuem para o grande número de casos de crianças obesas. Entre eles os fatores etiológicos, como: genético (crianças que têm pais com sobrepeso tem mais chance de apresentar o mesmo perfil), fisiológicos (fatores endócrinos e metabólicos), ambientais (prática alimentar e atividade física) e psicológicos. “A história alimentar é muito importante para determinar a ocorrência da obesidade e de outros distúrbios de comportamento alimentar”, orienta Fátima.
Nos últimos anos, o brasileiro vem aumentando o peso
Como método de prevenção, a nutricionista aponta que a base de uma alimentação equilibrada é refeição saudável combinada com atividade física.  “É fundamental a criança reduzir fast-food, alimentos ricos em gorduras, refrigerantes e açúcares”, explica.  Segundo ela, a forma de preparar os alimentos  e a quantidade ingerida faz com que algumas crianças consumam mais comida do que precisam e por isso ganhem peso. “É necessário assegurar a qualidade nutricional e quantidade adequada, através de uma refeição satisfatória”, explica.
Nos últimos anos, o brasileiro vem aumentando o peso. Pelo menos é o que apontam os números do IBGE. Segundo os dados, o excesso de peso em homens adultos saltou de 18,5% para 50,1% e o excesso em mulheres foi de 28,7% para 48%. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 2,6 milhões de pessoas morrem todos os anos por causa da obesidade ou do sobrepeso. A OMS calcula que, em todo o mundo, mais de 1 bilhão de adultos está acima do peso. Destes, 300 milhões são obesos.
De acordo com a nutricionista do Hapvida Saúde, Fátima Barros, o melhor tratamento da criança obesa não deverá ser feito com dietas restritivas. É necessário fazer uma reeducação alimentar. “Os pais devem fazer um trabalho de reeducação alimentar.  Isso requer tempo. Eles devem sempre estimular o consumo de alimentos saudáveis como frutas, vegetais e grãos intestinais”, explica. Ela ainda afirma que é preciso diminuir o consumo de gorduras animais, açúcar refinado, sal e alimentos ricos em sódio.
Notícias

Saiba o que causa o escurecimento dos dentes

Há quem diga que a carta de apresentação de uma pessoa é seu sorriso. E a falta daqueles dentes branquinhos muitas vezes afeta a autoestima de quem sonha em “sorrir como uma celebridade”. O que pode ser feito para evitar o escurecimento do esmalte dentário?

 

A odontóloga do Hapvida Saúde, Gilmara Lucena, explica que o termo correto é desmineralização, pois o esmalte é um tecido que recobre a dentina, sendo composto por minerais, água e materiais orgânicos. “Ele é translúcido, mas pode variar de amarelo claro ao branco acinzentado. A cor da dentina e a interferência de qualquer material externo afeta diretamente na sua transparência”, conta.
Para a cor do esmalte dental, o maior vilão é o açúcar e os alimentos derivados dele – conhecidos como cariogênicos. “Refrigerantes, frutas cítricas e sucos podem levar à interferência da coloração, pois provocam a diminuição do PH da dentina, desmineralizando o esmalte. Café, cigarro, chocolate e álcool também estão na lista”, pontua a dentista. A dica é evitar a frequência desses alimentos e realizar a higienização com dentifrícios periodicamente.
Quando se utiliza aparelho ortodôntico, é comum que após a retirada a marca dos brackets fique exposta. Isso se dá pois aquela área estava intacta de agentes corrosivos externos devido ao aparelho. Nesses casos, existem duas opções: a remineralização com aplicações de flúor ou de verniz fluoretado.
Gilmara ressalta ainda que o resgate de tonalidades claras nos dentes acontece apenas com procedimentos químicos e não naturalmente. “No clareamento, o ácido age afetando a dentina que dá cor ao dente na medida desejada pelo paciente”, finaliza.

Navegação por posts