Alimentação saudável previne doenças

Os problemas com a alimentação são cada vez mais recorrentes. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada ano 38 milhões de pessoas morrem em decorrência de doenças não contagiosas, dentre elas a obesidade. O processo de mudança normalmente não é fácil, mas, de acordo com a nutricionista do Hapvida, Tanara Ferreira, quando se busca qualidade de vida é fundamental abandonar os velhos hábitos.

“Não fazer dietas da moda, não comer açúcar em excesso, nem abusar do sal, reduzir as gorduras de origem animal e não abusar de bebidas alcoólicas. O objetivo é a manutenção da saúde física e psicológica, aumentando a qualidade de vida, pois nosso
corpo sempre reage de acordo com o tratamento que recebe”, afirma.

As mudanças, que para alguns podem parecer rigorosas, não precisam ser radicais. A ideia é inserir novos costumes no dia a dia ao ponto deles se tornarem parte do cotidiano. “Para ser adepto de bons hábitos alimentares, as recomendações são simples, como ingerir de seis a oito copos de água por dia, por exemplo” orienta a nutricionista do Hapvida.

De acordo com Tanara Ferreira, deve-se ingerir os alimentos necessários e sem exageros. “Alimentar-se a cada três horas, alternando, entre uma refeição e outra, frutas e chás, além de fazer de 3 a 5 refeições diárias e nos horários corretos”, explica.



COTAÇÃO atendimento